DSC_0076_edited.jpg

Prurido Anal

Logo site.png

Problemas intestinais podem causar irritações anais

Quando o funcionamento do intestino é frequente, ou ocorrem alterações como diarreias, a pele no entorno do ânus pode apresentar irritações. Essa região é muito sensível e essas situações podem ser dolorosas, extremamente incômodas e persistentes. A prevenção nestes casos é muito importante, porque em situações mais graves a pele pode se inflamar e romper em feridas abertas e muito difíceis de curar. São várias as causas dessa irritação. Alguns sucos digestivos podem estar presentes em maior quantidade quando as fezes são muito fluidas e, em contato com a pele, eles têm um efeito corrosivo. Se há um caso de incontinência fecal, mesmo uma pequena quantidade desses sucos gástricos pode irritar a pele. A limpeza também deve ser observada. Se há uma frequência intestinal muito alta, a repetição da limpeza pode danificar a pele. Se há dificuldades na higienização, pode ocorrer o acúmulo de produtos químicos presentes nas bactérias intestinais. Esses agentes podem causar coceira, tornando a região, já infectada, mais suscetível a irritações.

Para evitar o surgimento de irritações essas dicas podem ser úteis:

  • Utilize o bidê, a duchinha ou o chuveirinho para lavar ao redor do ânus depois da evacuação. Se não houver nenhum desses dispositivos, pode ser utilizada uma toalha macia umedecida. Evite esponjas e flanelas.

  • Produtos com perfume forte ou que contenham álcool não são recomendados, pois podem irritar a pele. Prefira sabonetes neutros (indicados para a pele do bebê) ou apenas água morna.

  • Para secar a pele bata suavemente com papel higiênico macio ou uma toalha macia e seca. Nunca esfregue

  • Roupas íntimas de algodão são mais indicadas, pois permitem que a pele respire. Evite roupas muito apertadas, principalmente jeans.

  • Utilize cremes e pomadas apenas se o médico fizer a indicação. Camadas do produto podem causar transpiração e desconforto na área de aplicação.

  • Mulheres devem limpar-se sempre de frente para trás. Isso evita o contato de bactérias com a área da vagina, prevenindo infecções.
     

Para tratar a região, caso ela já esteja irritada, o médico deve ser consultado. Ele indicará a melhor forma de tratamento. Siga os conselhos médicos. As informações contidas no Blog Sempre Bem do Hospital viValle são informativas e não substituem consultas e opiniões médicas.