DSC_0076_edited.jpg

Apendicite em Adultos

Logo site.png

O que é Apêndice?

O apêndice se parece com uma bolsa fina e comprida, que tem o formato parecido com um dedo e fica dependurado no intestino grosso ou cólon.

O que é Apendicite?

Apendicite é o nome que se dá quando o apêndice se infecciona e inflama. Quando isto acontece, a bolsa pode inchar e, em alguns casos, se romper. Isto é perigoso porque o apêndice rompido pode provocar infecção generalizada.

Quais os sintomas da apendicite?

  • Dor intensa na parte inferior da barriga, do lado direito. (Para muitas pessoas, a dor começa perto do umbigo e depois se desloca para o lado inferior direito).

  • Perda de apetite.

  • Enjôo e vômito.

Alguns pessoas apresentam um conjunto diferente de sintomas, que incluem:

  • Estômago revirado

  • Excesso de gases

  • Evacuação irregular

  • Diarréia

  • Indisposição

Existe algum exame para detectar a apendicite?

O médico ou enfermeira pode realizar exames que os ajudarão a encontrar a causa dos sintomas. Caso o paciente realmente tenha apendicite, o médico ou enfermeira provavelmente conseguirá detectar o problema pelo exame. O médico ou a enfermeira poderão descobrir muitos detalhes sobre a condição pressionando a barriga do paciente e conversando sobre os sintomas.

É preciso consultar o médico ou enfermeira?

Sim. O paciente deve ligar para o médico ou enfermeira caso esteja sentindo os sintomas listados acima.

Como se trata a apendicite?

O principal tratamento para a apendicite é a cirurgia para remover o apêndice. Esta cirurgia pode ser realizada de duas formas:

  • Cirurgia Aberta - Na cirurgia aberta o médico faz um corte perto do apêndice em tamanho suficiente para a retirada do apêndice.
     

  • Cirurgia Laparoscópica - Na cirurgia laparoscópica o médico faz algumas incisões que são bem menores do que as utilizadas na cirurgia aberta. Em seguida o médico introduz ferramentas finas e compridas pela incisão. Uma das ferramentas é equipada com uma câmera (chamada de “laparoscópio”) na extremidade, que envia imagens para a tela de um monitor. O médico observa pela imagem no monitor para saber onde cortar e o quê remover, e realiza a cirurgia utilizando as ferramentas.

 

Quando o apêndice rompe, a cirurgia é mais complicada. Neste caso, o médico precisa limpar a região para remover o material que vazou do apêndice rompido. Como consequência, os cortes talvez precisem ser maiores e a cirurgia mais longa.

Quando o apêndice se encontra rompido há alguns dias, o médico pode decidir não realizar a cirurgia. Isto acontece porque o organismo forma uma parede dentro da barriga para bloquear a região que foi infectada com o rompimento do apêndice. Nestes casos, o médico normalmente administra antibióticos e coloca o paciente em observação. Mas normalmente a cirurgia é evitada, pois pode ser perigosa nos pacientes com este quadro.

E se a paciente estiver grávida?

A paciente grávida que sentir sintomas de apendicite deve informar ao médico que está grávida.